O Governo do Paraná desmentiu, na tarde desta sexta-feira (23), boatos que estariam circulando nas redes sociais de que haveria indícios de rompimento ou trinca em barragens situadas na Região Metropolitana de Curitiba. De acordo com a Defesa Civil, o cadastro de propriedades e moradores de áreas próximas a barragens estão acontecendo em diversas regiões do Estado.

Foto: Daniela Catisti/Copel

“Nada mais são do que a elaboração ou atualização de Planos de Ação de Emergência, em conformidade com o que estabelece a Política Nacional de Segurança de Barragens”, afirma a nota enviada à imprensa.

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil e a Copel afirmam ainda que a barragem da represa do Capivari, que serve à Usina Hidrelétrica Governador Parigot de Souza, é segura e não apresenta risco de rompimento. “O baixo nível do reservatório é consequência da estiagem prolongada que afeta do Estado do Paraná”, diz.

Por fim, a Defesa Civil do Estado do Paraná informou que tem como preceito atuar na prevenção e redução dos riscos. Nesse sentido, vem trabalhando arduamente junto às empresas responsáveis pelas barragens e às Defesas Civis Municipais para elaboração e atualização dos planos de emergência e aproximação com as comunidades. A Defesa Civil continuará atuando no cuidado com a vida e segurança dos paranaenses.