(Foto: Reprodução)

 

Dois caminhões-tanque foram escoltados de Araucária, na região metropolitana de Curitiba, até a capital paranaense na madrugada deste sábado (26). O combustível é destinado para o abastecimento dos ônibus do transporte coletivo.

Segundo a prefeitura, essa foi a segunda operação realizada na semana para manutenção da normalidade no transporte, que está funcionando com a escala habitual.

Os veículos foram escoltados até a garagem das empresas pela Guarda Municipal. A operação foi viabilizada e coordenada pelo gabinete de crise instituído pela prefeitura. Segundo a administração, o grupo faz o acompanhamento permanente da paralisação dos caminhoneiros e atua para diminuir o impacto do movimento nos serviços municipais.

Para esta segunda-feira, a frota e os horários dos ônibus seguem a escala normal em Curitiba.

Confira abaixo nota do Sindicato das Empresas do Transporte Coletivo (Setransp) enviada à imprensa sobre o assunto:

As Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana informam que o transporte coletivo está funcionando de maneira regular, com escalas normais neste fim de semana e segunda-feira, quando será feita nova avaliação dos estoques de combustível frente aos desdobramentos do protesto.

Na madrugada deste sábado foi realizada nova operação de escolta de caminhões-tanque para algumas garagens, em um trabalho conjunto das empresas de ônibus com a Prefeitura de Curitiba, Urbs, Guarda Municipal, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Defesa Social e Exército.

As Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana estão fazendo todos os esforços possíveis para que o transporte coletivo opere com regularidade, a fim de que a maioria da população, já atingida pelas consequências do protesto dos caminhoneiros, não seja prejudicada no seu direito de ir e vir.

Viaturas

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) escoltaram um caminhão-tanque na manhã deste sábado para abastecer viaturas da instituição em Curitiba. Com a medida, está garantida a manutenção do atendimento a situações de emergência como acidentes de trânsito e atividades de combate a crimes nas rodovias federais da região.

Vídeo

Veja abaixo o vídeo da escolta de combustível para os ônibus: