Uma foto publicada em uma rede social tem dado o que falar na cidade de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba. Na imagem, é possível ver frutas jogadas em uma calçada, na região central do município. Ao lado, está uma viatura da Guarda Municipal. A foto viralizou no Facebook. Junto com ela, a informação repassada por internautas era de que os agentes teriam jogado as frutas no chão durante a fiscalização. A informação foi apurada pela Banda B, que entrou em contato com a Guarda Municipal de Campo Largo. O órgão nega que tenha sido responsável pelo que é visto na foto.

Reprodução

A moradora Gabriele Siqueira entrou em contato com a reportagem, para mostrar toda a sua insatisfação com o caso. “Ainda mais com a crise de emprego que existe hoje em dia. Quem busca trabalhar, tem esse tipo de problema”, afirmou em entrevista.

O jornalismo da Banda B apurou o caso e descobriu que não foram os agentes que jogaram as frutas, e sim o próprio comerciante. O comandante Cordeiro, da Guarda Municipal, conta que os agentes estavam no local em apoio a fiscalização da Prefeitura.

“A Guarda estava no apoio em uma ação de segurança de servidores e foram conversar com esse rapaz que vendia frutas. Após a averiguação, foi notado que ele não possuía a licença expedida da prefeitura e, com isso, sua mercadoria seria apreendida. Ele ficou nervoso e jogou tudo no chão. Alguém tirou a foto e ela foi parar nas redes sociais”, explicou o comandante.

O próprio comerciante publicou uma mensagem na Internet. No texto, ele garante: o que estão falando da Guarda Municipal é tudo mentira. Ele também se desculpou com os agentes por ter jogado as frutas no chão.

O comandante Cordeiro lamentou a repercussão negativa nas redes sociais e destacou que quem fez comentários sem saber o que aconteceu vai responder judicialmente.