Nos últimos cinco dias, durante as ações de fiscalização da virada do ano, a força-tarefa formada por equipes da Prefeitura de Curitiba e do Governo do Estado, percorreu diferentes bairros da cidade com ações para coibir excessos, evitar aglomerações e a falta de adequação às medidas anti-covid. Durante as incursões, realizadas entre 30 de dezembro e 3 de janeiro, 50 estabelecimentos foram vistoriados ou inspecionados e nove deles acabaram interditados por descumprimento ao decreto 1.710, de 17 de dezembro.

Foto: SMCS

O decreto estabelece medidas restritivas a atividades e serviços para o enfrentamento da Emergência em Saúde Pública, de acordo com o quadro epidêmico do novo coronavírus na cidade. A situação atual é de Risco Médio de Alerta – Bandeira Laranja.

Tiveram as atividades encerradas durante ações da Aifus-covid (Ações de Fiscalização Integradas) um bar e mercearia no Butiatuvinha, um restaurante, bar e Lanchonete no Água Verde, uma casa de festas, eventos e casa de massagens no Parolin, um restaurante e pizzaria no Tingui, dois bares no Batel, além de bares no Centro, Cajuru e Barreirinha.

Quatro estabelecimentos foram notificados para adequação à Resolução 1/2020: um bar e comércio varejista de bebidas no São Braz, uma pizzaria no São Braz, uma lanchonete e restaurante no Bigorrilho, além de uma loja de departamentos no Parolin. Em dois locais foram expedidas notificações por comércio irregular.

Auto de infração

Os técnicos da Vigilância Sanitária inspecionaram 15 estabelecimentos entre farmácias, supermercados, restaurantes, comércios de bebidas nos bairros Portão, Matriz e Santa Felicidade. Um auto de infração foi emitido.

Todas as ações de fiscalização e inspeção foram focadas especificamente no cumprimento dos protocolos de prevenção ao novo coronavírus, como distanciamento social e uso de máscara e outras regras sanitárias. Novas ações serão realizadas ao longo desta semana.

Desde o início do combate ao novo coronavírus as equipes da Prefeitura já fizeram 35.809 ações de inspeção ou fiscalização. As fiscalizações e inspeções são pautadas a partir das denúncias feitas pela população, por meio da Central e aplicativo 156.

Natal

As ações realizadas na semana do Natal, de 23 a 27 de dezembro, resultaram em 15 estabelecimentos fechados e notificados por estarem em desacordo com as normas vigentes no município para evitar a propagação do novo coronavírus. Ao todo, nesse período, foram vistoriados 39 estabelecimentos pelas equipes da Prefeitura, Polícia Militar e Guarda Municipal.

Entre os locais interditados estão bares, lanchonetes, restaurantes, pizzaria, tabacaria, mercado, distribuidora de bebidas, entre outros, nos bairros São Francisco, CIC, Portão, Centro, Campo Comprido, Santa Felicidade, Rebouças, Xaxim, Água Verde.

As Aifus (Ações de Fiscalização Integradas) são ações diárias e regionalizadas, formadas por equipes da Guarda Municipal e Urbanismo, com Policia Militar, Corpo de Bombeiros. As ações são direcionadas a bares e casas noturnas, em locais com histórico de aglomerações, notadamente bares e regiões que concentram grande número desses estabelecimentos.

A Vigilância Sanitária e Guarda Municipal, por sua vez, realizam ações voltadas para o comércio: restaurantes, lanchonetes, shoppings, galerias, farmácias, supermercados e lojas, principalmente as de departamento.