A confusão aconteceu no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) em Apucarana

Uma mulher de 32 anos foi presa na manhã desta quarta-feira (13) após agredir uma professora no Residencial Sumatra, em Apucarana, Norte do Paraná. A confusão aconteceu no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI).

A Polícia Militar (PM) foi chamada para conter a mãe de um aluno que estava bastante alterada. Na terça-feira (12), a criança teria chegado em casa com marcas pelo corpo e a mulher decidiu ir até a unidade cobrar explicações da direção.

No entanto, conforme testemunhas, ela partiu para a agressão física e deu um soco na servidora pública. Quando a PM chegou ela tentou resistir à prisão e ainda arranhou um policial.

“Ela agrediu a professora que estava no exercício da função e depois desacatou e agrediu os policiais”, disse o delegado-chefe da 17ª Subdivisão Policial, José Aparecido Jacovós.

A mulher foi levada à delegacia e segundo a PM vai responder por lesão corporal, desacato e desobediência.

A polícia também vai investigar se a criança sofreu algum tipo de agressão.

“Ela devia ter se dirigido à polícia e registrar uma ocorrência ou a prefeitura para que fosse instaurada uma sindicância. Agora não pode fazer justiça com as próprias mãos”, conclui o delegado.

Mais notícias do Norte do Paraná, clique aqui