O feriado prolongado de Nossa Senhora de Aparecida terminou com 15 mortes e 215 feridos nas estradas do Paraná. Os números constam em balanços da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), que foram divulgados nesta terça-feira (13).

Foto: Divulgação AEN

De acordo com a PRF, 124 acidentes nas rodovias federais, com 143 pessoas feridas e sete mortes.

A corporação registrou, de sexta (9) a segunda-feira (12), 21 motoristas dirigindo bêbados; 9 foram presos. 284 condutores ou passageiros estavam sem o cinto de segurança, além de 30 ocasiões em que crianças não utilizavam adequadamente um dispositivo de retenção, como a cadeirinha.

Ainda, foram registradas 571 ultrapassagens irregulares durante o feriado, representando quase seis flagrantes por hora de operação. Esse tipo de ultrapassagem é responsável pela maioria dos acidentes do tipo colisão frontal, onde o motorista não consegue efetuar em tempo a manobra de ultrapassagem ou força a ultrapassagem, colidindo frontalmente com o veículo que está trafegando no sentido contrário.

Rodovias Estaduais

Nas rodovias estaduais, o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) registrou oito mortes. Segundo a Polícia Militar, foram 62 acidentes, com 72 feridos.

De acordo com o oficial de Relações Públicas da unidade, tenente Sidinei Hudach, o comportamento dos motoristas e demais usuários das rodovias influenciou no aumento nos índices. “A fiscalização foi incrementada com policiamento em todo o Estado, mas, mesmo assim, a imprudência dos motoristas continua resultando em acidentes, feridos e mortos”, disse.

As autuações de infração de trânsito feitas pelos policiais rodoviários neste feriado chegaram a 1.768, um aumento de 89,29% em comparação com o ano anterior, quando foram 934 infrações lavradas.

As ações de combate a embriaguez ao volante, seja por abordagens preventivas ou flagrantes, resultaram em seis autuações pelo artigo 165 (multa) e outras duas pelo artigo 306 (prisão do motorista), ambos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). No mesmo feriado do ano passado, foram 10 infrações pelo artigo 165 e quatro pelo artigo 306.