Morreu aos 83 anos, na manhã desta segunda-feira (21), o empresário Valmor Weiss, por complicações de uma pneumonia causada pela Covid-19. Ex-presidente da Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Estado do Paraná (Fetranspar), Valmor foi bastante atuante no setor, o que reflete nas diversas mensagens de luto de familiares e amigos.

Reprodução

Em nota, a Fetranspar lamentou a morte. “Extremamente atuante no setor, ele também foi um dos idealizadores da concessão do Aeroporto Afonso Pena, iniciativa que prevê a construção de uma pista com capacidade de pousos e decolagens de aeronaves de cargas que façam voos diretos para a Europa e Estados Unidos”, informou.

Valmor Weiss esteve à frente da Fetranspar entre os anos de 1999 a 2001.

O secretário da Justiça, Família e Trabalho do Paraná, Ney Leprevost, também lamentou a morte. “Hoje o Paraná se despede de um grande guerreiro. Faleceu o amigo Valmor Weiss, devido a complicações oriundas da Covid 19. Valmor sempre esteve engajado nas grandes causas do estado. Uma das suas lutas foi pela 3ª pista do aeroporto Afonso Pena. Ele era um empresário muito bem-sucedido e tinha uma visão bastante humana da sociedade. À sua família, nossa solidariedade! Que Deus dê a paz eterna ao estimado Valmor”, publicou nas redes sociais.

Atualmente, Weis era proprietário do Grupo Weiss, exercia função de conselheiro do BRDE e diversos cargos relacionados ao transporte.

Ele deixa a esposa Marlene, 3 filhos e netos.

O velório acontece em Curitiba, nesta segunda-feira (21).