A família do professor Lucas Ferreira de Oliveira identificou o corpo que havia sido encontrado nesse domingo (22) em uma chácara na região do bairro Santa Tereza. A confirmação aconteceu através de um exame de DNA, mas os familiares já haviam reconhecido alguns pertences do professor. O cadáver estava amarrado e com uma corda presa ao pescoço – com sinais de enforcamento aparentando suicídio.

Foto: Divulgação

 

Lucas Ferreira de Oliveira estava desaparecido deste o dia 15 de dezembro, quando saiu de São Paulo (onde morava), e veio para Ponta Grossa para visitar seu filho. Seu último contato foi às 9h da manhã do mesmo dia, após isso a família e os amigos não conseguiram mais falar com o professor. Foi registrado movimentações em sua conta bancária e seus documentos foram encontrados na região central de Ponta Grossa.

“Ela é assassina”, diz irmão de professor morto sobre ex

Vinícius de Oliveira, irmão do professor Lucas Ferreira de Oliveira, clama por justiça. Em entrevista ao repórter Marcio Lopes, do Portal aRede, Vinicius de Oliveira mostrou sua indignação e seu desejo de ver Patrícia Bruning Machenho, a ex-esposa de Lucas Ferreira de Oliveira, presa, assim como os possíveis comparsas pelo desaparecimento do professor. “Ela é assassina. Matou meu irmão”, resume. “Ele foi emboscado na frente da casa dela, foi amarrado e morto. Ela confessou para a polícia”, reforça. Patrícia teve a prisão provisória decretada no final da tarde desta sexta-feira (20) pela justiça.

As informações são do Portal A Rede.