A família de José Alves, de 60 anos, desaparecido desde a tarde de ontem após o carro em que estava cair no Rio Belém, no bairro Hauer, em Curitiba, acredita que ele ainda esta vivo. Em entrevista à Banda B, na tarde desta sexta-feira, a nora de Alves disse que as esperanças são grandes.

Família acredita que José está vivo (Foto: Arquivo Pessoal)

“Os dois saíram vivos do carro e nós mantemos a esperança . Ele e a Consuelo, que é uma funcionária, estavam no veículo quando houve o acidente. A porta estava aberta e sem o corpo, ou seja ele conseguiu escapar. Como ‘Seu José’ é um cara ágil, acreditamos que ele conseguiu nadar e escapar. Numa dessa bateu a cabeça e está desorientado, porque não deixaria todo mundo na expectativa”, descreveu.

Pelo horário em que estava na rua, a nora acredita que José, que trabalha como estofador, tinha saído com a funcionária para fazer um orçamento. “Chovia muito no momento e ele teria cruzado uma preferencial. Não sabemos se a condutora do Fox estava com a luz apagada e o José não viu”, disse.

A funcionária de José foi encaminhada ao hospital e já recebeu alta. “Ela não lembra de nada do que aconteceu. A gente deduz que ele saiu pela forma em que o carro foi encontrado”, afirmou a nora.

Os bombeiros continuam realizando buscas na região, até o momento sem sucesso. “Enquanto os bombeiros não encontrarem nada, vamos continuar acreditando que ele está vivo”, concluiu.

Qualquer informação sobre o paradeiro de José pode ser passada via 190 da Polícia Militar.