Bernardo Carli morreu aos 32 anos – Reprodução redes

A família do deputado estadual Bernardo Ribas Carli (PSDB), morto em um acidente aéreo neste domingo (22), divulgou nota em que diz estar muito abalada com a perda. O deputado tinha 32 anos e era filho de Fernando Ribas Carli, que foi prefeito de Guarapuava por três mandatos, deputado federal e estadual, e de de Ana Rita Slaviero Guimarães, irmã do deputado estadual Plauto Miró (DEM). Ele estava em seu segundo mandato na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) e era pré-candidato à reeleição.

Caçula, Bernardo entrou para a política aos 23 anos, após a renúncia de seu irmão, o ex-deputado estadual Luiz Fernando Ribas Carli Filho, em 2009. Carli Filho teve a carreira política interrompida após se envolver em um acidente que levou à morte de dois jovens: Gilmar Yared e Carlos Murilo de Almeida. Em fevereiro deste ano, o ex-deputado foi condenado a 9 anos e 4 meses de prisão no caso.

Leia a nota da família, na íntegra:

“Neste domingo recebemos a avassaladora notícia de que Bernardo Ribas Carli, que havia saído de casa para cumprir com o seu trabalho de representante dos paranaenses, não mais retornará para nós.

Não há consolo nem palavras que consigam explicar a perda. O vazio provocado pela ausência física do nosso Bernardo permanecerá enquanto vivermos, mas é certo que em nossos corações ele estará sempre presente, como exemplo de um ser humano extraordinário.

Rogamos que Deus nos dê clareza para entender seus desígnios e forças para seguir adiante. Agradecemos todas as manifestações de conforto. O carinho que estamos recebendo é o que nos permite o mínimo de equilíbrio.

Neste momento, a dor e as medidas que precisam ser tomadas não permitem outras manifestações. Pedimos a compreensão de todos que nos procuram buscando informações.

Família Ribas Carli”

Luto

O Governo do Paraná e a Assembleia Legislativa do Estado decretaram luto oficial pela morte do deputado estadual Bernardo Ribas Carli, de 32 anos, ocorrida na manhã deste domingo (22), em um acidente aéreo no município de Paula Freitas. O parlamentar estava se deslocando de Guarapuava para União da Vitória, onde era aguardado para uma tradicional festa. O piloto e o copiloto da aeronave também morreram.

O governo do estado decretou luto oficial de três dias. De acordo com nota divulgada durante a tarde, as bandeiras do Estado e do País ficarão a meio mastro no período em todas as repartições públicas.

“Em nome dos paranaenses, o Governo do Estado manifesta o mais profundo sentimento de pesar e solidariedade aos familiares do parlamentar e dos demais ocupantes da aeronave acidentada”, descreveu o governo do estado.

A Assembleia Legislativa também decretou luto de três dias. “Entre os principais projetos de lei aprovados pelo deputado estão o que garante aos doentes de câncer a isenção fiscal no estado Paraná. Ainda, a lei que reserva vagas para pessoas com deficiências na terceirização de serviços públicos. Outra lei de autoria de Carli é a que exige a identificação de membros de torcidas organizadas nos estádios de futebol”, informou a Casa Legislativa.

Governadora

Minutos antes, a governadora Cida Borghetti também já havia manifestado luto. “Recebi com profunda tristeza a notícia do acidente do deputado Bernardo Carli. Conhecia o Bernardo desde pequeno, acompanhei o seu nascimento e toda a sua trajetória política, desenvolvida com talento e idealismo. Bernardo já brilhava e  iria brilhar muito mais, não tenho dúvidas. Sentirei muito a falta do sorriso contagiante, da alegria e da forma respeitosa como tratava as pessoas ao seu redor. Essa perda prematura é devastadora para todos nós, mas, principalmente, para os seus familiares. Minha solidariedade à família Carli e às famílias dos profissionais que realizavam o vôo. Que Deus possa confortá-los nesse momento de dor”, disse a governadora.

O ex-governador Beto Richa também manifestou solidariedade à família. “Profundamente abalado com a notícia da trágica morte do amigo e jovem deputado Bernardo Ribas Carli. Que Deus, na sua imensa benevolência, conforte a família neste momento de grande dor. Eu e Fernanda sofremos juntos a ausência repentina do Bernardo, ao lado da sua família.”

Acidente

Bernardo Ribas Carli (PSDB) morreu após acidente de avião em Paula Freitas, no Centro-Sul do Paraná. Também morreram no acidente o piloto Laercio Tavares da Silva e o copiloto Luiz Fernando Correia de Souza.

Notícia Relacionada: