Foto: Orlando Kissner/ANPr

A governadora Cida Borghetti autorizou nesta sexta-feira (9/11) que o Estado aporte R$ 10 milhões em um convênio com a Central de Sociedades de Garantia de Crédito (SGC). Os recursos darão suporte à emissão de aval para garantir empréstimos e financiamentos de micro e pequenas empresas paranaenses junto a instituições financeiras. O anúncio foi feito no congresso da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap), em Foz do Iguaçu.

Os recursos do Estado vão formar uma reserva que pode alavancar garantias suficientes para a contratação de mais de R$ 120 milhões em empréstimos nos próximos anos. Para operacionalizar o convênio, a Secretaria da Fazenda está transferindo R$ 10 milhões para o Fundo de Desenvolvimento Econômico (FDE), que é gerenciado pela Fomento Paraná, instituição financeira estadual que financia empresas de micro, pequeno e médio porte.

“A garantia é hoje a principal dificuldade para o empreendedor que necessita de crédito para crescer. E essa nova parceria vai ajudar a suprir essa carência e proporcionar segurança e velocidade aos negócios das micro e pequenas empresas paranaenses”, afirmou Cida Borghetti. “Este ato importante vai possibilitar novos investimentos dos pequenos e médios empresários, gerando mais emprego e renda”, disse.

O Paraná é o Estado com o maior número de Sociedades Garantidoras de Crédito, que foram constituídas a partir de 2009. São seis, que cobrem todo o Estado e hoje possuem mais de 5 mil associados: Centro-Sul, Garantinorte, Garantioeste, Garantisudoeste, Noroeste Garantias e Garantisul. Segundo o Sebrae-PR, desde o início das operações, as SGCs emitiram R$ 137,3 milhões em cartas de garantias. O montante viabilizou operações de crédito que somam R$ 212,2 milhões.

Sicoob

Além do recurso disponibilizado pelo Estado, o Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) também se comprometeu a aplicar mais R$ 10 milhões na SGC. “Se as pequenas empresas conseguirem pegar taxas mais baixas, em linhas de crédito de 36 meses, a economia é muito grande”, afirmou o presidente do Conselho Executivo do Sicoob Paraná, Jefferson Nogaroli.

Fundos

A governadora Cida Borghetti também confirmou que o Estado vai aportar R$ 15 milhões, em 2019, para colocar em operação três novos fundos criados para apoiar as micro e pequenas empresas paranaenses. Os recursos estão previstos no orçamento anual elaborado pela Secretaria de Estado da Fazenda.

Os novos fundos, que serão gerenciados pela Fomento Paraná, foram apresentados pela governadora em reunião com o Conselho do Sebrae-PR como uma ferramenta para facilitar o acesso ao crédito e estimular o crescimento dos quase 700 mil pequenos negócios instalados no Estado.

Congresso

O congresso é promovido pela Faciap – Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná e reúne mais de 2 mil empresários no Mabu Thermas & Resort, nos dias 9 e 10, para participar de palestras, workshops e fóruns de debates de temas de interesse do setor.

O presidente da Faciap, Marco Tadeu Barbosa, explicou que o evento busca aproximar as cerca de 300 entidades associadas à federação. “Temos vários painéis discutindo temas importantes para o desenvolvimento econômico. É um evento de troca de informações e aproximação do nosso sistema, além de fomentar novos negócios”, disse.