Diante da correria do fim de ano, a pequena Valentina não quis esperar a virada para nascer em 2019. Ela deu um susto nos pais e veio ao mundo na manhã desta sexta-feira (28) no acostamento da BR-116, próximo ao quilômetro 240.

(Foto: Divulgação/Arteris Planalto Sul)

A situação mudou a rotina de atendimento dos socorristas da concessionária Arteris Planalto Sul, que administra a via. Eles atuavam na Base Operacional anexa à praça de pedágio de Correia Pinto, em Santa Catarina, quando foram avisados sobre o caso da gestante.

“Usuários chegaram na Base dizendo que a esposa de um dos arrecadadores, que trabalha no pedágio, estava entrando em trabalho de parto no local. Fomos até lá e constatamos que ela sentia fortes dores e as contrações estavam com menos de três minutos de intervalo”, contou o socorrista Robson Willian Cabral, da Planalto Sul.

A gestante foi, então, colocada na viatura para ser levada até o hospital. Mas não deu tempo: No caminho, Robson percebeu que já conseguia enxergar a cabeça do bebê. “Nisso, eu pedi que o condutor parasse em um lugar seguro para fazer o parto e ele estacionou na beira da rodovia. Como já tenho experiência em socorros, iniciei o trabalho e a pequena Valentina veio ao mundo, saudável, em perfeitas condições. Eu preciso aproveitar e agradecer aos colegas Antenor e Daiane que me ajudaram em toda essa situação”, completou Robson.

A recém-nascida que mudou o dia dos socorristas é filha de Luciana de Paula e de Allyf Bastos, que trabalha como arrecadador na praça de pedágio. Após o parto, a mãe a bebê foram levadas para o Hospital e Maternidade Tereza Ramos, em Lages (SC). Elas passam bem.