A rede municipal de ensino de Curitiba já recebeu, desde o início da pandemia, no mês de março, 4.890 transferências. A maior parte – 4,1 mil – refere-se a estudantes que vêm da rede privada para a pública.

As demais são mudanças de cidades ou de estado, ou troca de unidade. Mesmo assim, a rede tem vagas de sobra que ainda podem ser preenchidas.

O atendimento da Prefeitura é universal a partir dos 4 anos, ou seja, todos que demandam vaga em escolas ou Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) são atendidos.

 

Foto: Divulgação

 

As famílias que quiserem migrar para escolas municipais devem procurar os Núcleos Regionais da Educação, nas Ruas da Cidadania.

A rede atende Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA) fase I.

Os interessados em migrar para unidades públicas devem – com o uso de máscara – procurar o Núcleo Regional Municipal da Educação de seu bairro com os seguintes documentos:

– Certidão de Nascimento da criança (original e cópia)

– Declaração de transferência ou histórico da escola de origem

– Cópia de RG e CPF dos pais ou responsáveis

– Se a criança tiver cadastro no Programa Bolsa Família do governo federal, deverá informar o código do NIS (Número de Identificação Social)

– Para comprovante de endereço deverá apresentar o talão de conta da Copel recente

– Declaração de vacina da criança (que pode ser retirada em qualquer posto de saúde)

Cada um dos dez Núcleos Regionais irá direcionar o estudante para a unidade onde há vaga.

A página da Educação disponibiliza os contatos dos Núcleos, na aba da esquerda.

TV Escola

Crianças e estudantes que estão migrando precisam acompanhar as videoaulas da TV Escola Curitiba e desenvolver as atividades pedagógicas propostas neste período pela rede pública.

Além de assistir às videoaulas, os estudantes precisam fazer as atividades desenvolvidas pelos professores, que são retiradas a cada 15 dias nas unidades.

A transmissão é pela TV aberta (canal 9.2 UHF da TV Paraná Turismo e 4.2 Rede Massa em Curitiba) e no YouTube, pelo canal TV Escola Curitiba.

Desde a estreia, em 13 de abril, já são mais de 26,8 milhões de visualizações e 111 mil inscritos no canal.