O empresário e fotógrafo, Naideron Junior, flagrou a queda de dois balões ao mesmo tempo em cima da Represa do Passaúna, no final da tarde deste sábado (29). Com um drone, Junior registrou imagens impressionantes do episódio, que felizmente terminou com nenhum ferido.

 

 

“Por volta das 17h30 caíram dois balões ao mesmo tempo na frente da represa, na prainha. Caíram dentro da água e um estava com a tocha bem acesa”, contou o empresário.

Foto: Naideron Junior

O fogo foi apagado com a ajuda de dois remadores que estavam em caiaques na água no momento em que o incidente aconteceu. “Se não fossem eles, a tocha ficaria acesa por mais uma meia hora. Acho que como a bandeira estava muito pesada, os balões acabaram caindo antes do tempo”, disse Junior.

O que restou dos balões foi retirado da água e jogado no lixo.

Outro balão

A queda de um outro balão foi registrada na noite deste sábado. A rede do balão caiu atrás da antiga Sociedade Esportiva Tanguá, por cima de árvores e casas, na rua Prof. Alberto Krause, Jardim Vitoria, em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba.

Foto: Rosângela de Freitas

A moradora da região, Rosângela de Freitas, conta que a rede é enorme e que o balão mesmo caiu no telhado de uma casa. “Uma amiga minha falou que um balão caiu está noite em cima do telhado de uma casa e queimou ali mesmo. Acredito que possa ser o mesmo que trouxe essa imensa rede pra cá, cheia de copinhos coloridos”, relatou ela.

Freitas alerta para os riscos da prática de soltar balões, que é proibida por lei. “Isso pode causar um dano imenso para a natureza, ainda mais em tempos de seca como este que estamos passando. O balão pode pegar uma casa e provocar um incêndio”, disse ela.

Foto: Rosângela de Freitas

Em um vídeo feito por um outro morador da região, é possível ver a queda do balão em chamas no breu da noite de sábado.

 

 

Desta vez também ninguém teria ficado ferido.