Diversos fiéis são abençoados na tradicional benção dos Capuchinhos, em frente à Paróquia Nossa Senhora das Mercês, nesta sexta-feira (8). O evento, que acontece pela 64ª vez na capital, começou às 7h e seguirá até as 21h. A Banda B esteve no local e acompanhou o trabalho dos capuchinhos que receberam diversos carros, motos, caminhões e a população de toda a Grande Curitiba.

 

Capuchinhos abençoam os veículos que passam pelo local. Foto: Marcelo Borges/Banda B

 

A estimativa dos organizadores é que cerca de 13 a 14 mil veículos passem pela Igreja. Agentes da Superintendência de Trânsito (Setran) orientam o fluxo de veículos e de pessoas ao local para manter a fluidez nas vias da região. O objetivo é evitar bloqueios nos cruzamentos e parada de veículos em fila dupla. Duas faixas da avenida Manoel Ribas, além da rua Júlio Perneta, foram reservadas para a benção.

Joarez explicou que veio de Campina Grande de Sul, na região metropolitana de Curitiba (RMC), para comparecer à Igreja pela primeira vez. “O ano foi complicado. Vim quase da divisa do Paraná com São Paulo para cá”, pontuou à Banda B. Tathiana, que é de São José dos Pinhais (RMC), mencionou que sempre comparece com a família para receber a benção. “A gente já veio com o carro. Agora estamos a pé para entrar no santuário”, destacou.

Cuidados

Frei Rivaldo, que há 15 anos participa do evento, falou sobre os cuidados que a organização está tomando para realizar as bênçãos. “Todos os freis estão tomando os cuidados, e aconselhando os motoristas, para preservar à vida. A diferença para este ano é a pandemia. Isto, inclusive, nos fez notar que houve um engajamento mais profundo da população com a benção”, comentou.

Também à Banda B, o frei fez questão de ressaltar o momento delicado que a população mundial vive diante da pandemia do coronavírus. Para ele, as pessoas estão carentes de uma esperança firme e confiança em Deus. “Mas, por outro lado, o povo também está desejoso. Penso que Deus quer que 2021 seja um ano de vitória e superação. A gente espera que a nova realidade seja boa. Vamos buscar em Deus a confiança que necessitamos”, concluiu.

Até as 21 horas, os freis estarão realizando a benção.