O prefeito de Mandirituba, região metropolitana de Curitiba (RMC), Luis Antonio Biscaia, de 54 anos, que sofre de problemas renais, permanece internado há pelo menos cinco dias na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de um hospital na região de Curitiba por complicações da covid-19. O estado de saúde é considerado grave e não há previsão de alta, apesar da melhora clínica verificada nos últimos dias.

Prefeito de Mandirituba, Luis Antonio Biscaia, permanece internado em UTI Foto: Reprodução/Facebook

A confirmação do internamento aconteceu na última sexta-feira (23) pela página no Facebook do prefeito. Nesta quinta-feira (29), a médica Marina de Almeida afirmou na rede social do prefeito que o quadro de saúde é grave, apesar de melhoras nos últimos dias.

“Após uma visita à UTI em que o prefeito está, tive boas notícias. Ele internou em estado grave e agora vem tendo uma boa evolução. Nos estamos confiantes que nos próximos dias ele possa deixar a UTI”, disse a médica.

Biscaia é candidato à reeleição em Mandirituba. Ele é o segundo prefeito da RMC a necessitar de internamento na UTI devido à covid-19. O primeiro foi o prefeito de Campina Grande do Sul, Bihl Zanetti, que em setembro também precisou ser entubado e recuperou-se da doença.