Foto: Colaboração/Banda B

 

Um ato de imprudência no trânsito acabou em tragédia na noite desta terça-feira (2), na Linha Verde, em Curitiba. Um motorista de um veículo Sandero, alcoolizado e em alta velocidade, acabou perdendo o controle do carro, batendo em um poste e atingindo uma motociclista, 26 anos, que morreu ainda no local. A vítima foi identificada como Laryssa Francyne Calixto e atuava como vendedora.

De acordo com testemunhas, o condutor já teria escapado de outras colisões minutos antes da fatalidade no cruzamento com a Avenida Presidente Affonso Camargo.

“Eu estava parado em um posto de gasolina, quando entrei na marginal sentido colombo. Ele passou por mim em excesso de velocidade desde muito antes. No acidente, ele freou e perdeu o controle, subindo no meio-fio, rodando e atingido a motociclista, que vinha bem tranquila”, contou Alisson, uma das testemunhas. “Eu nem conheço a pessoa, mas quando a vi caída no chão, me senti muito triste”, acrescentou.

Outro observador afirmou que a vítima morreu logo após a batida. “Pela minha visão, e do jeito que ela caiu, já estava morta”, contou. “Assim que percebeu o que tinha acontecido, o motorista ficou extremamente desesperado”, relatou.

O condutor do veículo fez o teste do bafômetro, que apontou 0.57 de álcool no sangue, valor duas vezes acima do tolerado pela legislação brasileira de trânsito.

O homem foi preso pela Polícia Rodoviária Federal e encaminhado para a Dedetran (Delegacia de Delitos de Trânsito), que investigará o caso.