Dono de cartório foi preso em Mandirituba (Foto: EBC)

 

O proprietário do cartório de Mandirituba, região metropolitana de Curitiba, foi preso nesta segunda-feira (4) por investigadores da Delegacia de Fazenda Rio Grande. O idoso de 76 anos é acusado de emitir procurações falsas em nome de terceiros. As investigações começaram depois que quatro vítimas procuraram à delegacia.

“Foi preso por emissão de procuração falsa, para compra e venda, usando o nome de três a quatro vítimas. Ele fazia no cartório deles estas procurações falsas. É um senhor de 76 anos e que foi preso no dia em que completou idade nova”, descreveu o delegado.

Segundo Bradock, o juiz no local agora deve fazer uma intervenção no local. “O juiz esteve aqui e deve acionar um interventor, para que a população não seja prejudicada. O suspeito é um servidor público, permanece preso e sem fiança, por falsificar documento público”, concluiu.

O suspeito permanece preso à disposição da Justiça.