Números divulgados pela Secretaria Municipal da Saúde, nesta sexta-feira (7), mostram que Curitiba teve uma média superior a 100 mortes por semana durante o mês de julho. Com um total de 675 vítimas fatais desde o início da pandemia, a semana mais crítica da doença até aqui na capital paranaense aconteceu entre os dias 26 de julho e 1 de agosto, com 127 óbitos.

Reprodução

Na live transmitida nas redes sociais, a secretária Márcia Huçulak lembrou que de 5 de abril a 20 de junho, Curitiba teve 115 mortes, o que mostra a forte evolução da doença.

Entre o total das 675 mortes de Curitiba, 78% ocorreu entre pessoas com idade superior a 60 anos.

As comorbidades mais comuns que provocaram agravamento dos quadros são doença cardiovascular e diabetes.

Regionais

A Regional Boa Vista é a que concentra maior número de mortes, com 96. Na sequência, aparecem o Boqueirão, com 84, Cajuru e Matriz, ambas com 83 óbitos.