Curitiba registrou, no começo da tarde deste domingo (27), a temperatura mais quente de 2020. Segundo o Instituto Meteorológico Simepar, os termômetros alcançaram a marca de 33,5°C, superando os 32,9°C registrados em 17 de fevereiro.

Foto: Daniel Castellano/SMCS

Segundo o meteorologista Paulo Ricardo Bardou Barbieri, a expectativa agora é para a chegada da chuva na capital paranaense. “Isso se deve a presença de uma massa de ar quente sobre o Paraná. Temos também uma frente fria avançando entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, o que favorece o aumento das temperaturas. Ainda para esse domingo, a expectativa é de chuva para o período da noite”, comentou.

A chuva, porém, não deve amenizar os impactos da severa estiagem que atinge a região. “Não são chuvas significativas. No Paraná já chove em algumas regiões, mas de forma localizada. Aqui na região Leste do Estado, as chuvas devem ser de intensidade mais fraca”, concluiu Barbieri.

Para segunda-feira (28), a expectativa é de que as temperaturas não subam tanto por conta da condição de instabilidade. A máxima prevista é de 28°C.