A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) confirmou, na tarde desta segunda-feira (23), seis novos casos de coronavírus em Curitiba. De acordo com a administração municipal, nenhum deles é comunitário, sendo possível encontrar vínculo com viagem ao exterior ou contato com pessoa que esteve fora. Com os novos casos, a capital paranaense registra 37 casos confirmados e 233 suspeitos.

Reprodução

A médica infectologista da SMS, Marion Burger, explica que, do total de infectados, três estão internados com confirmação da doença, incluindo o médico Jamal Munir Bark. “Temos ainda um casal que está internado em um hospital de Curitiba e que tem evoluído satisfatoriamente”, comentou.

Dentre as confirmações desta segunda, todas estão em isolamento domiciliar e passam bem.

Burger relata ainda que os pacientes tem relatado um sintoma diferente, que é um já observado em outras regiões do mundo. “Os pacientes relatam uma alteração na capacidade de sentir cheiros, então é uma característica que parece mesmo estar relacionada ao novo coronavírus”, disse.

Jamal Munir Bark

Sobre o médico da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Boqueirão, a secretária Márcia Huçulak demonstrou alegria com a evolução do quadro médico. “Nosso médico tem apresentado uma evolução positiva bastante positiva e tem mesmo até brigado com o respirador, o que é um bom sinal. A equipe está muito feliz com a surpreendente melhora dele e estamos aqui torcendo muito”, disse.

Bark está internado na UTI do Hospital Marcelino Champagnat desde a última quinta-feira (19).