Dezenas de caminhões carregados com verduras estão estacionados em frente ao Palácio Iguaçu, no Centro Cívico, na manhã desta segunda-feira (31). Eles são produtores da Central de Abastecimento (Ceasa) e distribuindo hortifrutis porque alegam que foram impedidos de trabalhar devido a um rodízio implantado recentemente. Segundo os produtores, essa diminuição dos produtores da Ceasa prejudica o faturamento deles.

 

Produtores distribuem verduras em protesto. Foto: Banda B

 

Um dos representantes dos produtores, Paulo Biscaia, disse que o novo rodízio foi feito sem nenhuma conversa com os trabalhadores. “Não temos o que fazer, infelizmente o Governo do Estado por meio da diretoria da Ceasa nos cortou o dia de trabalho, então, não temos o que fazer a não ser distribuir essa mercadoria gratuitamente para a população, jogar fora, jamais. Eles cortaram sem nenhum levantamento para saber se teria algum impacto para quem produz isso, eles cortaram em 50% os dias de trabalho arbitrariamente, sem nenhuma negociação”, criticou.

 

Produtores distribuem verduras em protesto. Foto: Banda B

 

A manifestação tem um objetivo de negociar essa redução de dias ofertados dentro da Ceasa. “Hoje, temos como organizar os produtores, inclusive, com construção. Construir mais uma pavilhão, temos espaço dentro da Ceasa para construir um, dois, três pavilhões, e não atender apenas esses 300 produtores que eles querem colocar para dentro do espaço”, disse ele.

 

Produtores distribuem verduras em protesto. Foto: Banda B

 

As verduras distribuídas são de produtores que estão fora do rodízio dessa segunda-feira na Ceasa. Eles colocaram à disposição da população: chuchu, alho poró, salsão, beterraba, tomate cereja, repolho, cenoura, pimentão. Folhas verdes como rúcula, coentro, salsinha.

Cerca de 140 produtores ficam de fora a cada rodízio que a diretoria da Ceasa implantou no novo método, segundo eles. No entanto, o pagamento para utilização do espaço continua o mesmo.

A previsão é que os produtores fiquem o dia todo no local, até que o Governo do Paraná os atenda.

 

 

Retorno

A Banda B entrou em contato com o Governo do Paraná sobre o rodízio na Ceasa e aguarda o retorno.

Vídeo

Assista ao vídeo registrado pela Banda B no local: