A Prefeitura promoveu, nesta terça-feira (29/10), o 20º sorteio do Nota Curitibana, programa que incentiva a emissão de nota fiscal na área de serviços, contribui para inibir a sonegação de impostos e distribui prêmios para o contribuinte. Os bilhetes vencedores do sorteio do Nota Curitibana foram os de número 774.522, para o prêmio de R$ 50 mil; 240.246, para o de R$ 20 mil; e 24.048, para o de R$ 10 mil.

Sorteio do Nota Curitibana – Curitiba, 29/10/2019 – Foto: Valdecir Galor/SMCS

Os participantes podem verificar se foram premiados no site nota.curitiba.pr.gov.br, conferindo o número dos bilhetes. Também foram sorteados outros 15.003 em prêmios de R$ 10. A premiação total soma R$ 270 mil.

Os nomes dos vencedores serão divulgados nos próximos dias, após checagem do processo feita por uma auditoria independente.

O sorteio

Concorreram neste sorteio 1.282.304 bilhetes de 66.415 pessoas. O programa Nota Curitibana, lançado em 2018, já distribuiu R$ 4,845 milhões em prêmios e conta com 116.508 participantes cadastrados e 164 entidades no sistema. Ao todo são 124.637 estabelecimentos emitentes de notas cadastrados.

O sorteio foi presidido por Mario Nakatani Júnior, coordenador do Nota Curitibana. Antonio Carlos Ferreira Walter foi o secretário da sessão. A mesa foi composta ainda por Jonathan Ignacheski (da Maciel Auditores) e Ilson Lins da Silva (analista de sistemas da Prefeitura).

O sorteio foi executado por Carlos Eduardo Kukolj, diretor do Departamento de Orçamento, da Secretaria Municipal de Finanças.

O processo é feito por meio de um microcomputador, com sistema operacional e softwares usados exclusivamente para o Nota Curitibana. O aparelho fica guardado em um cofre e permanece em uma embalagem selada até o momento do sorteio.

Como participar

Para participar dos sorteios do programa, o contribuinte precisa fazer um cadastro no site do Nota Curitibana ou no aplicativo Nota Curitibana, disponível nos sistemas Android e IOS, e informar o CPF na emissão da nota fiscal.

É possível pedir o CPF na nota em estabelecimentos do setor de serviços, como oficinas mecânicas, escolas, cursos educacionais, academias, gráficas, salões de beleza, pet shops e estacionamentos, por exemplo.

A cada consumo do serviço é gerado um bilhete na primeira nota fiscal eletrônica do mês, independentemente do valor, e, na sequência, a cada R$ 50, com validade para o mês do respectivo sorteio.

Além dos prêmios, os participantes podem abater até 30% do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e indicar entidades de assistência social para serem premiadas. É importante lembrar que essas entidades não dividem a premiação. Essas entidades indicadas pelos primeiro, segundo e terceiro colocados, ganham prêmios adicionais, respectivamente, de R$ 25 mil, R$ 10 mil e R$ 5 mil.