Curitiba sedia a partir desta quarta-feira (13) a 1ª Reunião do Grupo BRICS 2019. O encontro reúne representantes de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul e é preparatório para XI Cúpula que será realizada em novembro em Brasília, com os presidentes dos países-membro.

Trata-se do mais importante evento diplomático realizado em Curitiba desde 2006, quando a cidade recebeu encontro mundial de meio ambiente da Organização das Nações Unidas (ONU).

As reuniões de trabalho das autoridades participantes, voltadas a discutir assuntos em comum, ocorrerão no Salão de Atos do Parque Barigui, na quinta (14/3) e na sexta-feira (15/3).

São esperados no encontro em Curitiba o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, os embaixadores Sergey Pogóssovitch Akopov (Rússia), Yang Wanming (China) e Ashok Das (Índia), entre outras cerca de 55 autoridades.

Encontro do BRICS será no Parque Barigui – Foto: SMCS

Recepção

Com apresentação da Camerata Antiqua de Curitiba, o prefeito Rafael Greca recepciona os participantes nesta quarta-feira, na abertura oficial do encontro, às 19h, no Memorial de Curitiba, da qual também participará o governador Ratinho Jr.

“É um evento da mais alta importância no ambiente das Relações Exteriores e reforça a reinserção de Curitiba no âmbito internacional, o que é fundamental para promover e desenvolver nossa cidade”, afirma o Greca, destacando que este ano o Brasil preside o grupo e o banco do BRICS.

Curitiba se candidatou a receber o encontro em 2018. A escolha da cidade foi anunciada pelo Itamaraty ao prefeito em fevereiro deste ano. “É uma honra para a cidade”, disse Greca.

“”Esta reunião marca o retorno de Curitiba à rota dos grandes eventos diplomáticos globais. As decisões tomadas aqui irão repercutir no Brasil e no mundo”, ressalta o assessor de Relações Internacionais da Prefeitura, Rodolpho Zannin Feijó.

“A reunião do BRICS é o maior evento diplomático na cidade desde a COP-8/MOP-3 da ONU”, complementa, citando o encontro mundial de meio ambiente realizado pela Organização das Nações Unidas há 13 anos.

Trânsito e acesso restrito

Por conta da reunião, a Alameda Ecológica Burle Marx, onde fica o Salão de Atos no Parque Barigui, terá bloqueios e restrições de circulação entre a Avenida Cândido Hartmann e o Pavilhão de exposições Expo Renault na quinta (14) e sexta-feira (15), das 7h às 22h.

O estacionamento e acesso ao parque Barigui pela rodovia BR 277 estará liberado.

O acesso de pessoas ao Complexo Imap Barigui será restrito.

Para a abertura oficial, nesta quarta-feira, haverá bloqueio nas adjacências do Memorial, que fica no Largo da Ordem.

Haverá Bloqueio integral da Mateus Leme com Treze de Maio a partir das 17h (já se trata de um trecho restrito a automóveis). E parcial da Rua Nestor de Castro com Rua do Rosário, a partir das 18h30.

Agentes da Setran e da Guarda Municipal orientarão o trânsito.

O grupo

O BRICS é um grupo que começou a ser organizado informalmente por Brasil, Rússia, Índia e China em 2006 – ainda como BRIC – para defender interesses em comum de países com grau de desenvolvimento econômico similar.

A primeira cúpula oficial foi realizada em 2009. A África do Sul passou a integrá-lo em 2011, agregando o S (de South Africa) ao acrônimo.