Durante a pandemia do coronavírus os bancos de sangue de Curitiba estão enfrentando problemas com seus estoques. Diante disso, a União dos Taxistas de Curitiba organizou nesta quinta-feira (7), mais uma ação da campanha “Meu sangue laranja salva vidas”. Cerca de 30 taxistas foram até a sede do Hemepar, em Curitiba, e fizeram doações.

Está é a 5ª edição da campanha, que acontece anualmente. Todos os cuidados de distanciamento social foram tomados, segundo os taxistas.

Taxistas doaram sangue no Hemepar – Divulgação

“Essa iniciativa é muito importante até porque é também uma devolução de tudo que a sociedade nos trás”, diz o taxista Erasto Ribas, um dos doadores.

No próximo dia 11, outros 50 taxistas irão fazer doações de sangue e já têm agendamento marcado no Hemepar.

Quem pode doar

Para doar deve-se ter entre 16 a 59 anos (doadores com 60 a 69 anos devem permanecer em isolamento); estar bem de saúde; não estar com manifestações gripais (coriza, dor de garganta, rinite, alergias, tosse, com estes sintomas deve fazer isolamento em sua residência); estar alimentado; demais critérios serão avaliados na entrevista.

Como doar?

Para doar sangue, é preciso agendar horário por telefone ou pela internet.

O agendamento evita aglomerações, o que é fundamental neste período de pandemia do coronavírus.

(41) 3281-4000

Internet

O Hemepar fica na Travessa João Prosdócimo, nº 145, no Alto da XV.