Criança está internada no Hospital Angelina Caron. Foto: Divulgação

 

Dois soldados do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd) de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, socorreram uma criança de 1 ano e sete meses que estava sem respirar no colo dos pais, na noite deste sábado (9). Freitas e Dranka realizaram uma manobra de reanimação por duas vezes e a criança foi encaminhada a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul, também região metropolitana de Curitiba.

De acordo com o soldado Freitas, a viatura estava na região da rua Gilberto Nascimento, bairro Bela Vista, quando um casal pediu socorro aos gritos e chorando bastante. “Um casal saiu do carro segurando uma criança e correu em direção à viatura. Rapidamente, os policiais pararam a viatura e a mãe chorando disse que a filha estava desacordada e não estava respirando, já roxa. Nesse momento, eu comecei a manobra de primeiros socorros para poder voltar a respiração dessa criança”, disse à Banda B.

Depois de cerca de três minutos de manobra, a criança voltou a respirar. “Fomos rapidamente até o UPA do Piraquara, em torno de três quilômetros do local, direto para o setor emergencial. Novamente, ela perdeu os sentidos, tivemos que fazer de novo a manobra e o médico já entubou a bebê com oxigênio”,  finalizou o soldado.

Em estado grave, a criança foi encaminhada ao Hospital Angelina Caron, onde permanece internada. Enfermeiros e médicos de plantão disseram que os primeiros socorros foram fundamentais para que a criança tivesse chance de sobreviver. Não há detalhes sobre o que pode ter feito a criança parar de respirar.