O prefeito Rafael Greca autorizou as reaberturas do Mercado Municipal e do Mercado Regional Cajuru. Os dois estabelecimentos serão abertos nesta quarta-feira (8/4) com restrições e ampliação dos cuidados para evitar o contágio pelo novo coronavírus.

Os dois mercados apresentaram planos de ações que ampliam o cuidado das pessoas na hora da compra, o que permitiu a reabertura. Para evitar aglomerações, haverá controle na entrada permitindo, ao mesmo tempo, o limite de 200 pessoas no Mercado Municipal e de 40 pessoas no Mercado Regional Cajuru. Caso o número limite seja alcançado, serão organizadas filas, com marcação no solo, respeitando o distanciamento mínimo de 1,5 metros.

Também haverá restrições no número de permissionários e funcionários trabalhando dentro dos dois estabelecimentos. Conforme o tamanho dos boxes haverá um número fixo definido de permissionários e funcionários trabalhando ao mesmo tempo.

Foto: Daniel Castellano/SMCS

Proteção

Os dois mercados vão dispor de lavatórios de mão, papel toalha, bem como álcool em gel 70% de fácil acesso na entrada e dentro dos boxes. Também serão redobrados os cuidados de limpeza e higiene nos banheiros dos estabelecimentos.

Os permissionários também reforçaram os cuidados. Irão usar máscaras e luvas e se comprometerão a repassar informações de prevenção contra o novo coronavírus.

Outra medida é a restrição da venda do produto a granel e oleaginosas (nozes, castanhas, avelãs, etc). Só serão permitidos vendas de grãos que precisam ser cozidos no preparo, como feijão, lentilha, grão de bico, etc.

 

Páscoa

No período da Páscoa, somente o setor de pescados estará com os boxes fechados. Os funcionários das peixarias farão atendimento via delivery ou take away, que é a entrega do produto na porta do mercado. Depois da Páscoa, o setor de pescado reabre normalmente e obedecerá as novas regras dos mercados.

Os restaurantes do Mercado Municipal e do Mercado Regional Cajuru funcionarão somente pelo sistema de delivery ou take away. As lanchonetes também farão entrega em domícilio ou retirada no local, mas terão a opção de atender presencialmente, desde que obedeçam o distanciamento entre pessoas e haja espaço entre as mesas.