Com sete casos confirmados de coronavírus em Curitiba, o prefeito Rafael Greca fez um apelo nesta segunda-feira (16) para que os idosos não usem o transporte coletivo. O pedido se deu em meio a várias medidas da administração municipal para evitar a proliferação do vírus, principalmente entre os grupos de risco. A faixa etária acima de 70 anos forma o grupo mais vulnerável à doença.

Foto: SMCS

“A recomendação é para que o idoso não use o transporte coletivo e, se precisar, passe a fazer fora do horário de pico. É importante que todos fiquem em casa”, disse o prefeito.

A Urbs (Urbanização de Curitiba) está recomendando que idosos evitem utilizar ônibus em horários de pico – de 6h às 9h; das 11h às 14h; e das 17h às 19h. Outra recomendação é para que os usuários evitem comer nos ônibus ou higienizem as mãos com álcool gel antes de consumirem o alimento.

O coronavírus é transmitido de forma semelhante a influenza, pelas gotículas respiratórias, por tosse e espirros em curta distância ou pelo contato com objetos contaminados pelo vírus.

Órgãos que desenvolvem atividades com grupos da terceira idade suspenderam atividades. É o caso, por exemplo, das aulas do programa Idoso em Movimento, da secretaria municipal de Esporte e Lazer, e de atividades da Fundação Cultural de Curitiba e da Fundação de Ação Social (FAS), como oficinas de artesanato, dança e aulas de idiomas. A FAS tem cerca de 190 grupos com este tipo de atividade espalhados pela cidade.

A Secretaria Municipal da Saúde recomenda ainda que os idosos evitem sair de casa até que a transmissão de corona vírus diminua no país. Mais vulneráveis, os idosos formam o principal grupo de risco da doença.

O prefeito também instaurou um Comitê de Técnica e Ética Médica, que vai balizar as decisões do município em relação ao coronavírus.

Mais profissionais

A Prefeitura de Curitiba vai contratar ainda 428 profissionais de saúde para trabalhar no combate ao coronavírus na cidade. Serão 50 médicos, 150 enfermeiros e 228 técnicos de enfermagem, que passarão a reforçar de maneira emergencial o quadro de servidores da Saúde do município.