(Foto: Divulgação)

A primeira madrugada do sistema de compartilhamento e aluguel de bicicletas e patinetes elétricos em Curitiba registrou quatro furtos em poucas horas. Os equipamentos foram recuperados e três suspeitos presos. Em entrevista nesta quinta-feira (25), o prefeito Rafael Greca não poupou palavras para comentar a ação dos ladrões.

(Foto: Reprodução)
  • Quatro bicicletas compartilhadas em Curitiba são furtadas: “Achado não é roubado”

“Roubaram quatro bicicletas e três já foram presos. Vai se ferrar quem roubar, porque elas são chipados. É coisa de ‘cóio’ roubar o que está chipado”, disse o prefeito, usando o termo para se referir a ‘bobeira’ da ação dos marginais.

Os furtos

De acordo com informações da Guarda Municipal, duas bikes chegaram a ser recuperadas imediantamente e os ladrões foram presos em flagrante. As outras duas foram localizadas no decorrer do dia, com mais um suspeito presos. Nos dois primeiros flagrantes, os suspeitos disseram a mesma coisa: “Achei na rua e achado não é roubado“, relatou o guarda municipal Geremias, à Banda B.

O serviço

A startup Yellow passou a oferecer nesta quarta-feira (23) o sistema inédito da cidade em que qualquer pessoa pode compartilhar bicicletas e patinetes em uma área determinada da cidade. O usuário faz a locação por meio do aplicativo e paga um aluguel por isso. Pega o veículo em qualquer lugar da área delimitada e larga também em qualquer lugar. As bikes e patinetes podem ser rastreadas por GPS.

Nota da Yellow Box

“A Yellow está em contato com a Guarda Civil Municipal e demais órgãos competentes e criou com eles um canal de comunicação para atuação coordenada nesse tipo de caso.

As bikes Yellow foram desenvolvidas com peças exclusivas, que não se adaptam a outros modelos. Contamos ainda com um time de guardiões – nossa equipe de rua – que é responsável pelo monitoramento e organização das bicicletas.

Todos elas são rastreadas por sistema GPS – o que já evitou episódios indesejados e ainda levou à recuperação de bicicletas e à apreensão de pessoas envolvidas nesses casos.

Importante ressaltar também que o usuário pode participar desta prevenção, fazendo denúncias tanto no próprio app como direto com a polícia, o que tem sido muito eficiente”, diz a empresa em nota enviada à Banda B.