Foto: Colaboração

 

O carro de uma técnica de enfermagem da Prefeitura de Curitiba foi destruído após a queda de uma árvore no estacionamento da unidade de saúde do Xapinhal, no bairro Sítio Cercado. O incidente aconteceu após a forte chuva que atingiu a região na tarde desta segunda-feira (11).

De acordo com testemunhas, a árvore estava fixada do lado de fora do portão, mas caiu para o lado de dentro, no pátio do estacionamento. “A chuva veio de repente, com um forte vento. Foram dois carros atingidos, mas o Volkswagen Virtus que ficou em pior situação”, lamentou.

No local, várias pessoas informaram que o corte das árvores é solicitado para a prefeitura há algum tempo e que o risco de queda já era previsto. A unidade de saúde fica localizada na Rua Elbe de Macedo.

O Corpo de Bombeiros foi chamado para realizar a liberação do estacionamento e verificar as condições do local.

Sobe a reclamação dos moradores e funcionários, a Banda B entrou em contato com a Prefeitura de Curitiba, que informou que a Secretaria Municipal do Meio Ambiente não recebeu nenhuma solicitação para corte da árvore que caiu nesta segunda-feira dentro da unidade de saúde. “Em dias de chuvas, em especial no verão, casos de queda de árvore acontecem mesmo quando elas estão em boas condições. O município realiza de maneira regular a avaliação e poda ou corte de árvores que estejam comprometidas. Para terrenos, o pedido deve ser protocolados no núcleos da secretaria municipal do Meio Ambiente nas administrações regionais da cidade. Nas vias públicas, o pedido pode ser feito pela Central 156”, informou a administração municipal.

Ocorrências

Ao todo, a Defesa Civil de Curitiba registrou outras 10 solicitações para retirada de árvores ou de galhos grandes que caíram após chuvas rápida e localizadas com ventos de até 42 km/h, no período das 13h às 17h, segundo boletim divulgado no final da tarde. As ocorrências foram nos seguintes endereços:

– Rua Celeste Tortato Gabardo 1.542 – Sítio Cercado (árvore na calçada)
– Rua Gabriel Frederico de Miranda, 689 – Xaxim (árvore na calçada)
– Avenida Cândido Hartmam, 1.712 – Bigorrilho (árvore em via pública)
– Rua Monte Sião – Pinheirinho (árvore em via pública)
– Rua Miguel Raicoski Sobrinho – Pinheirinho
– Rua Frederico Lambertuci, 759, Fazendinha (árvore em via pública)
– Rua Padre Rafael Kalinowiski – Pinheirinho
– Rua Nicodemos Zeglin, 50 – Uberaba (árvore caiu na praça)
– Rua Dante Honório, 781 – Xaxim (árvore em via pública)
– Rua Arnaldo Gusi, 521 – Alto Boqueirão (araucária caiu em cima de um lava car)

Equipes do Meio Ambiente, da Defesa Civil, da Guarda Municipal e da Superintendência de Trânsito estão mobilizadas para fazer os atendimentos.

Houve, ainda, uma ocorrência de alagamento no bairro Pinheirinho (Rua Luciano Liuzzi, 931). Viatura da Guarda Municipal a caminho.

O cidadão que precisar comunicar a Prefeitura sobre a queda de árvores deve utilizar o telefone 156 da Central de Atendimento ao Cidadão ou pelo site (www.central156.org.br). O atendimento acontece por ordem de chamada e também de acordo com a gravidade da situação relatada.

A orientação da Defesa Civil é de evitar sair de casa durante uma tempestade. Se a pessoa estiver na rua, evitar se abrigar embaixo de árvores e de estruturas metálicas, uma vez que Curitiba tem registrado grande incidência de raios.

A Defesa Civil registra as ocorrências que chegam ao município pelo telefone de emergência 199 e, também, pelo 156 (Central de Atendimento ao Cidadão) e pelo 153 (Centro de Operações da Defesa Social – Guarda Municipal).

Outras situações decorrentes de chuvas ou temporais podem ser atendidas pelo Corpo de Bombeiros (193) e pela Copel.