Bastou uma chuva forte na tarde deste sábado (24), de pouco menos de uma hora, para que diversas ruas de Curitiba ficassem alagadas. A chuva torrencial começou por volta das 15h30 e teve um acumulado de 34,8 milímetros, segundo a estação pluviométrica do Centro Nacional de Monitoramento de Alertas e Desastres Naturais (Cemaden). Os locais mais afetados foram a região do Centro, a Cidade Industrial de Curitiba (CIC), e os bairros Campo Comprido e Boqueirão, segundo a Prefeitura de Curitiba. No entanto, não houve registro de desabrigados e outros prejuízos.

 

Rua Itupava esquina com a Schiler, no bairro Cristo Rei. Foto: Márcio José/Colaboração

 

Após a chuva, diversos relatos de ruas alagadas estão sendo compartilhados nas redes sociais (confira vídeos abaixo). A rua Visconde de Nacar, no Centro, já conhecida por alagamentos, ficou debaixo d’agua. Ruas do bairro Alto da XV também acumularam bastante água, assim como a Avenida Henry Ford, limite do Fazendinha com o Portão, e diversos cruzamentos no bairro Cristo Rei.

Segundo a Defesa Civil, houve uma queda de árvore no bairro Pinheirinho. Também, há registro de árvore caída na José de Alencar com a Rua Itupava, no bairro Juvevê, bloqueando totalmente o trecho.

 

Rua José de Alencar com a Rua Itupava, no bairro Juvevê. Foto: Márcio José/Colaboração

Tempo

Para a Banda b, o meteorologista Fernando Mendonça Mendes disse que chuva foi consequência de áreas de instabilidade associadas ao calor.

“O quadro começou a se intensificar no período da manhã, a formação de algumas áreas de instabilidade. Partiu mais de encosta de serra e foi ganhando força com o calor, também houve ganho de umidade porque já havia essa tendência. Então, vários aglomerados de chuvas localizadas pegaram aqui Curitiba, foram se formando e ganhando corpo, mas é um comportamento bem pontual”, descreveu.

Alerta

Apesar dos estragos provocados pelas pancadas de chuva, a quantidade de água não foi suficiente para completar os reservatórios de água da região. Por isso, a Defesa Civil reforça o alerta para o uso consciente da água.

Registros

Confira vídeos compartilhados nas redes sociais: