Uma ação deflagrada pela Secretaria Municipal da Defesa Social e Trânsito autuou 52 veículos estacionados sobre a calçada por revendedoras de automóveis, na tarde desta quinta-feira (18), na rua Pedro Gusso, no bairro Novo Mundo, em Curitiba. Além desses, houve a remoção de dois veículos, também colocados à venda, que estavam estacionados de forma irregular e com licenciamento atrasado.

O diretor de Fiscalização da Superintendência de Trânsito (Setran), Wagnelson de Oliveira, contou à Banda B que diversas manifestações via Central 156 reclamando de veículos estacionados sobre a calçada, atrapalhando a passagem de pedestres, levaram a uma ação de fiscalização específica no local. “Várias reclamações via 156 nos levaram a fazer essa fiscalização. Ninguém pode estacionar o veículo em cima da calçada, onde os pedestres devem transitar, isso está previsto no código de trânsito brasileiro”, disse o diretor do Setran.

Oliveira ainda explicou que a remoção dos veículos com o licenciamento atrasado só foi possível por estarem estacionados irregularmente. “O veículo precisa estar em movimento para que a gente possa remover ele, por conta do atraso do pagamento do licenciamento. Mas como eles estavam estacionados em local proibido, a remoção por esse motivo foi possível”, explicou ele.

Infração

Estacionar sobre a calçada é infração de trânsito de natureza grave, prevista no artigo 181 Código Brasileiro de Trânsito (CTB). Além da perda de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), acarreta multa de R$ 195,23. A multa é aplicada ao proprietário do veículo. “Vamos deflagrar outras ações com essa característica em outros locais da cidade”, antecipa o diretor de Fiscalização que faz um alerta para que todos respeitem a legislação.

“Todos devem procurar respeitar o direito dos outros e cumprir a legislação para não ter problema. Calçada é sempre para e pedestre”, finalizou Oliveiria.

Central de Atendimento ao Cidadão 156

Informações sobre irregularidades de trânsito podem ser repassadas pelo cidadão pela Central de Atendimento ao Cidadão 156. O atendimento é feito pelo telefone, pelo site ou pelo aplicativo Curitiba 156. A partir dessas manifestações, a Defesa Social e Trânsito consegue organizar ações específicas, nos bairros e no centro da cidade.