Dois carros colidiram em um cruzamento bem sinalizado no bairro Cristo Rei, em Curitiba, no início da manhã desta segunda-feira (16). O acidente acontece na rua Padre Germano Mayer esquina com a Souza Naves, onde há semáforos. A motorista do Fox teve ferimentos e precisou de encaminhamento ao Hospital Cajuru. Já a motorista do Jeep permaneceu no local. Havia suspeita de que ela teria ingerido bebida alcóolica, o que foi confirmado pelo bafômetro do Batalhão de Polícia de Trânsito (Bptran).

 

Foto: Banda B

 

Para a Banda B, a motorista do Jeep disse que estava voltando para casa, quando a colisão aconteceu. “Foi normal, tudo normal, uma batida normal, onde duas pessoas colidem por um lapso. Normal, uma madrugada normal, todo mundo voltando pra casa, normal. Somos vítimas, as duas. Normal. Mas, ela está bem, eu to bem, normal”, disse ela.

Sobre um possível avanço de sinal, a motorista do Jeep disse que as versões são conflitantes. “Pra mim estava verde, na realidade. Ela disse que foi ao contrário. Cada um tem sua versão, normal. Está todo mundo bem. Eu tinha levado uma amiga minha pra casa, normal. Nós estávamos, sim, em um momento de confraternização, momento de política, normal. Absolutamente, normal. Se a polícia quiser fazer bafômetro, que venha fazer, normal”, finalizou.

Foto: Banda B

Bafômetro

O Batalhão de Polícia de Trânsito (Bptran) esteve no local e realizou o teste do bafômetro na condutora. Segundo o cabo Gulin, ela cometeu um crime de trânsito. “Realizamos o teste e constamos o índice de 0,71 mg/L e, por isso, será levada ao Dedetran”, explicou.

Lei

Qualquer quantidade de álcool registrada no bafômetro sujeita o motorista às penalidades da infração do artigo 165 do CTB. No entanto, se o aparelho registrar quantidade igual ou superior a 0,3 miligrama de álcool por litro de ar alveolar, o condutor será acusado de crime de trânsito, segundo o artigo 306.