Um carro estacionado há cinco dias pegou fogo no estacionamento subsolo de um prédio comercial, no Centro de Curitiba, na manhã desta segunda-feira (6). Ninguém ficou ferido, mas a fumaça preta que tomou conta do edifício assustou diversas pessoas.

 

Fumaça preta foi vista de longe. Foto: Banda B

 

O prédio fica na rua Amintas de Barros e possui diversas salas comerciais. Ao notar fumaça, funcionários passaram a entrar em contato com outros colegas. “Recebi uma ligação de um colega aqui do prédio dizendo que tinha coisa esquisita, muita fumaça. Tentei falar com o pessoal para que desligassem os disjuntores. Era um carro que estava na garagem, muito esquisito, é um carro que faz direto manutenção, estava parado desde quarta-feira passada”, descreveu Jailson Mendonça, que é um funcionários que trabalha no prédio.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 7h30. A tenente Camila do Corpo de Bombeiros, disse que a equipe agiu rápido e com cautela por não saber o que estava pegando fogo.

 

Corpo de Bombeiros foi acionado. Foto: Banda B

 

“Quando a equipe teve acesso a edificação viu uma fumaça preta saindo, não sabíamos o que poderia estar queimando. Ao abrirmos o portão, vimos que se tratava se um incêndio no subsolo do estacionamento, em um dos carros. Isso gerou uma grande repercussão, provavelmente ficou um bom tempo queimando, demorou para sair fumaça e quando saiu acumulou tudo. Vimos que era só o carro e o combate foi tranquilo”, detalhou.

Segundo a tenente, a proprietária do carro relatou que fez uma troca de bateria recente. “Foi trocada a bateria, recentemente, pode ser que tenha algo com essa troca, mas apenas a perícia poderá confirmar”, garantiu a tenente Camila, durante entrevista à Banda B.

O carro, um Ford Ka 2002/2003, não tinha seguro e foi praticamente destruído pelas chamas. As chamas não atingiram a estrutura do prédio e outros carros estacionados.

Vídeo

Assista ao vídeos registrados no local: