Um veículo teria perdido o controle e invadiu um bar, na rua Jornalista Geraldo Russe com a rua Guilherme Lunardon, no bairro Pilarzinho, em Curitiba, na noite desta terça-feira (20). Três pessoas foram atropeladas, incluindo o proprietário do estabelecimento, de 75 anos, que acabou morrendo na ambulância.

(Foto: Daniela Sevieri/Banda B)

De acordo com o tenente Queirolo, do Batalhão de Polícia de Trânsito (Bptran), a equipe foi acionada para um acidente de trânsito e a condutora foi conduzida até uma unidade da Polícia Militar, já que estava sendo ameaçada por pessoas no local. “A princípio, a condutora do veículo, de 60 anos, perdeu o controle do carro e invadiu um bar. A polícia foi acionada, pois no local haviam pessoas tentando entrar nas vias de fato com a motorista. A equipe deslocou ela para uma unidade da Polícia Militar para segurança dela”, disse Queirolo que conta ainda que o teste do bafômetro foi realizado e não indicou o consumo de álcool.

O sobrinho da vítima fatal, que não quis se identificar, afirma que a motorista não aceitava o relacionamento de seu tio com a filha dela e, por isso, o acidente teria sido provocado propositalmente. ” Ela veio com o propósito de matar meu tio. Ele teve uma filha com a filha dela, que sempre vinha aqui buscar sacolas com coisas para o bebê, mas a mãe não aceitava o relacionamento. Ela viu que meu tio estava ali e tacou o carro em cima, depois saiu e falou que foi um acidente”, disse o sobrinho.

A condutora será encaminhada para a Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran), onde vai prestar os devidos esclarecimentos sobre o ocorrido.