Um carro explodiu na garagem de uma casa no bairro Jardim Graziela, em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba, na manhã deste sábado (11). Cinco pessoas da mesma família, entre elas, três crianças foram socorridas às pressas por vizinhos. Todos foram levados ao Hospital Evangélico sem risco de morte. O Corpo de Bombeiros e ambulâncias do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foram acionados.

 

 

A família mora na rua João Barbosa da Silva, na região do Nova Morada. Vizinhos contaram à Banda B que o veículo Corsa, estacionado na garagem da casa, explodiu e começou a pegar fogo, por volta das 8h30.

A moradora Elenita de Deus contou que o momento foi de pânico. “Na hora foi um pânico, eu estava deitada, ouvi uma gritaria e vi o homem se jogando da janela. Meu genro socorrendo as crianças. Todos os vizinhos começaram a pegar mangueira e foram ajudando a apagar o fogo, foi um pavor”, descreveu a vizinha.

A casa é de alvenaria e o fogo do carro não se alastrou pelas paredes. Diversos vizinhos passaram a jogar água com baldes e mangueira, enquanto outros resgatavam as crianças. Uma fumaça preta se espalhou rapidamente pelos cômodos.

Um vizinho que ajudou a família contou que as crianças foram retiradas por cima do muro. “Eu escutei um barulho de vidro quebrando, achei que fosse briga na casa, quando olhei, vi fumaça e o fogo já tomando conta. Todo mundo correu para ajudar, as crianças foram tiradas pela janela da casa deles, o vizinho pegou elas por cima do muro. Eles estavam sufocando com a fumaça”, contou Cesar Fernandes à Banda B.

 

 

O dono da casa estava no andar de cima da casa e se jogou pela janela. O tenente Siloto do Corpo de Bombeiros garantiu que as vítimas não correm risco de morte, graças à atuação rápida dos vizinhos. “São dois adultos e três crianças e todas não correm risco de morte. Um adulto e uma criança têm lesões de queimaduras e os outros três inalaram fumaça. Um deles tem um trauma porque pulou da janela. Os vizinhos ajudaram e isso foi importante no início, devido a gravidade, salvaram a saúde e até a vida delas. O grande risco dos incêndios é o acúmulo de fumaça e a inalação disso pode causar asfixia e, consequentemente, óbito”, finalizou.

Socorro

As vítimas foram socorridas em duas ambulâncias e levadas até o Hospital Evangélico de Curitiba. Não há detalhes sobre o que pode ter ocasionado a explosão do automóvel.