O presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), Adalberto Jorge Xisto Pereira, determinou a suspensão da liminar que previa o adiamento do reajuste da passagem de ônibus em Curitiba. Assim,  a passagem em Curitiba passa de R$ 4,25 para R$ 4,50, já a partir da 0h deste sábado (2).

O novo valor,  reajustado em 5,8%, passará a valer também na capital, já que nas linhas da Região Metropolitana o reajuste foi aplicado na data prevista, quinta-feira, dia 28.

Foto: SMCS

O juiz Thiago Flôres Carvalho, da 2ª Vara da Fazenda Pública, havia acatado parcialmente o pedido feito pela vereadora Josete (PT) e o deputada Goura (PDT) determinando que o aumento só poderia ser feito no dia 25 de março, dando tempo assim para os usuários se programarem. Agora, esta liminar foi derrubada pelo TJ e o reajuste vale já nesta sábado.

Em comunicado à imprensa logo após a decisão de adiar para o dia 25 de março a aplicação do reajuste, a prefeitura informou: “O reajuste garante a sustentabilidade financeira do sistema e a continuidade do processo de melhoria do transporte coletivo da capital, cuja frota vem sendo renovada nos dois últimos anos”, diz o comunicado da prefeitura enviado à imprensa.

A administração ainda declarou que está “certa da correção e legalidade das medidas tomadas em relação ao reajuste da tarifa de ônibus”. “A Urbs lembra que o preço da passagem se manteve inalterado nos dois últimos anos e o reajuste aplicado foi menor do que a inflação (IPCA) no período – 5,8% contra 6,7%. A atualização do valor em Curitiba ficou, ainda, abaixo da média dos reajustes feitos nas cidades brasileiras, de 8,7%, apenas este ano, segundo a Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos”, completa a nota.

A prefeitura ainda não se manifestou sobre a nova decisão, mas já confirmou o reajuste a partir deste sábado.

Relacionadas: