Jovem Adalberto e o pai Bento, desaparecido desde domingo. Foto: Reprodução/Facebook

 

O Grupo de Operações de Socorro Tático (GOST) retomou as buscas na manhã desta terça-feira (15) à procura de Bento Dreher Neuhaus, 59 anos, que salvou o filho durante uma enxurrada no último domingo, em Colombo, na região metropolitana de Curitiba. Bombeiros fazem buscas na extensão do Rio Palmital, que faz limite com Colombo e Pinhais, pela proximidade do local do acidente e possibilidades levantadas pelo grupo de estratégias.

O sargento Vilela do GOST, que comanda as orientações, vê o tempo como principal obstáculo. “Quando ele caiu, estava com um capacete novo, bem justo na cabeça, e o filho disse que não viu se ele conseguiu tirar. Já são muitas horas, infelizmente, mas estamos nas buscas”, garantiu.

Segundo ele, cerca de 17 quilômetros já foram inspecionados pelos bombeiros, desde o início das buscas. “Recomeçando as buscas do ponto zero, praticamente. Vamos descer toda a extensão do rio, já descemos ontem pouco mais de 17 quilômetros. Está sendo difícil porque o volume de água era muito grande no dia da queda e estava bem acima o nível. Hoje está mais baixo, em uma profundidade menor, possibilitando melhor visibilidade”, completou.

Neuhaus foi levado pela enxurrada na noite de domingo quando ia para casa, junto com o filho, em motocicleta. Quando ambos passaram pela rua Heitor Villa Lobos esquina com a João D’Agontin, no bairro Jardim Eucaliptos, tentaram cruzar uma área totalmente alagada. O filho caiu, o pai foi socorrê-lo, mas não conseguiu voltar à superfície. Vizinhos abrigaram o menino e acionaram o Corpo de Bombeiros, já que ele tinha algumas escoriações. A família está bastante abalada e aguarda o resgate dos bombeiros.

 

 

Notícias relacionadas: