Um gesto simples num momento tão difícil aqueceu os corações do pequeno Vicente, 2, e da mãe Tatiana Perazzolo nesta semana. Internado com o novo coronavírus no Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba (PR), o bebê comemorou o aniversário na segunda-feira (13) cercado pelo afeto da mãe e dos profissionais da saúde que o acodem.

Vicente contraiu a Covid-19 um dia depois de passar por um transplante de medula, no dia 31 de março. Apesar de não desenvolver sintomas da doença e apresentar quadro estável, ele continua em isolamento na UTI ao lado de Tatiana.

A festa organizada por médicos e enfermeiros teve direito a bolo, bexigas, chapeuzinhos e canto de parabéns. A confraternização ajudou a trazer um pouco de alívio para a família, já que o transplante ainda não surtiu os efeitos positivos tão aguardados.

“Naquele dia acordei meio frustrada porque a ‘pega’ da medula não havia acontecido. Até hoje não aconteceu. Mas à tarde, elas [as enfermeiras] entraram cantando com o bolo e ele ficou feliz daquele jeito”, conta Tatiana.

Foto: EBC

Desde os primeiros meses de vida, Vicente sofre de uma síndrome genética rara que causa inflamação intestinal e o tratamento estava previsto desde o fim do ano passado. A mãe, que há 45 dias está no hospital ao lado do filho, também foi testada ao coronavírus e o resultado deu negativo.

Após duas semanas do primeiro teste, Vicente foi submetido no começo dessa semana a outros dois exames que resultaram negativo, o que o tornou um paciente curado da doença. Assim, a expectativa é que ele deixe o isolamento no hospital.

Até então, o hospital Pequeno Príncipe recebeu 71 casos suspeitos de Covid-19, dos quais quatro testaram positivamente para o novo coronavírus. Dentre eles, apenas Vicente continua internado, mais em função do transplante do que dos sintomas da doença.