Foto: Avelino Alves/Colaboração

Uma baleia jubarte, de aproximadamente nove metros, foi encontrada morta na noite desta terça-feira (11), em Itapoá, no Litoral de Santa Catarina. O animal foi encontrado pelo Projeto de Monitoramento de Praias (PMP-BS) da Univille, que recebeu alguns acionamentos informando o encalhe no Balneário Cambijú.

De acordo com o PMP-BS, por conta do tamanho da baleia e das condições da maré, o mamífero permaneceu no local durante a noite. Já pela manhã desta quarta, as técnicas de campo isolaram o local. A equipe de laboratório se deslocou da Unidade de Estabilização de Fauna Marinha da Univille (em São Francisco do Sul) para realização da necropsia na praia. Até o momento sabe-se que o animal é um macho de aproximadamente 9 metros de comprimento total.

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Polo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos. O projeto é realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15 trechos. A Univille monitora o Trecho 5, compreendido entre Araquari e Itapoá.