Foi aprovado nesta segunda-feira (9), em primeira discussão, o projeto de lei nº 315/2017, de autoria do deputado Luiz Carlos Martins (Progressista), que inclui o nome de “Rodovia das Águas” para a PR-415, que liga Curitiba a Piraquara. Pela proposta, a rodovia passará a se chamar João Leopoldo Jacomel/ Rodovia das Águas. O projeto foi aprovado na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) por 51 votos.

Rodovia João Leopoldo Jacomel – Foto AEN

O objetivo da inclusão do termo “Rodovia das Águas” ao nome da PR-415, segundo o deputado Luiz Carlos Martins na justificativa do projeto, é para conscientizar a população de que a rodovia (atualmente denominada apenas de Deputado João Leopoldo Jacomel) cruza uma região de nascentes de vários rios e tem importância estratégica como principal fonte de abastecimento de água da Região Metropolitana de Curitiba. Daí a necessidade de preservar o ambiente na região, que é próxima à Serra do Mar.

Deputado Luiz Carlos Martins – Foto: Orlando Kissner/Alep

“Piraquara abriga as principais nascentes de água que abastecem Curitiba e Região Metropolitana e muita gente não tem consciência da importância dessa região. Foi ali, nos Mananciais da Serra, que a Sanepar mantém preservado o primeiro sistema de abastecimento da capital paranaense. Com a inclusão do nome ‘Rodovia das Águas’ a consciência ambiental certamente será maior. A natureza agradece”, diz Martins.

O projeto segue agora para a votação em segunda discussão na Alep.

Mananciais da Serra em Piraquara – Foto: Thays Poletto/Sanepar

Mananciais

A região dos Mananciais é fundamental: mais da metade da água consumida em Curitiba e Região vem daí, onde está a Área de Proteção Ambiental (APA) de Piraquara.

A qualidade da água vinda dos Mananciais está associada a uma legislação que busca proteger a Mata Atlântica e inibe atividades potencialmente poluidoras. Criada em 1996, a APA possui 88 km2 pertencentes à bacia hidrográfica do Rio Piraquara, importante contribuinte para a Barragem Piraquara I, a primeira barragem de grande porte da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), que também fica nos Mananciais da Serra.

As estruturas e equipamentos de saneamento nos Mananciais da Serra são parte do primeiro sistema de abastecimento de água do Paraná, que com 17 reservatórios nos Mananciais e uma grande tubulação de 38 km, que levava água até o Reservatório do Alto São Francisco, em Curitiba, e, dali, abastecia parte da população paranaense.