Um homem precisou ser resgatado pelo helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) do Morro do Cal, em Campo Largo, Região Metropolitana de Curitiba (RMC), na tarde deste sábado (26). Socorristas informaram à Banda B que ele estava praticando parapente quando problemas no equipamento o fizeram descer e ficar preso nas árvores da região. Com isto, uma das cordas do paraquedas reserva teria passado no pescoço da vítima, a deixando inconsciente devido ao enforcamento.

 

 

O médico do BPMOA, Rene Avelleda, disse que, ao chegar no local, percebeu que o estado da vítima era grave devido a hipóxia, ou seja, baixa concentração de oxigênio em todo o corpo. “Ele estava totalmente inconsciente quando a nossa equipe de suporte médico chegou. Depois, apresentou sinais de confusão, além de estar desorientado devido a lesão no pescoço”, pontuou.

Outras informações obtidas pela reportagem apontaram que, no inicio, a vítima recebeu ajuda de pessoas que estavam no local. Após a chegada do Siate do Corpo de Bombeiros, ele foi retirado das árvores. O Falcão 08 do BPMOA e a equipe médica fizeram os trâmites finais para que a vítima fosse levada ao hospital.

 

 

O esportista foi levado ao Hospital do Rocio.