Três dias após anunciar que o padre Celso Cruz recebeu alta do hospital em que estava internado, o Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro lamentou, nesta segunda-feira (20), a morte do operador de som e vídeo do local, Sérgio Cernach, vítima do novo coronavírus. Ele tinha 69 anos de idade.

“Com muito pesar, comunicamos o falecimento de Sérgio Cernach, vítima da Covid-19. Nosso amigo, cantor, compositor, músico, operador e produtor do sistema de som e vídeo do Santuário. Aquela voz que anunciava: ‘Diretamente do Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, ao vivo, no Alto da Glória, em Curitiba, iniciamos a Santa Novena/Missa”, diz a nota de pesar.

Foto: Reprodução/Facebook

A morte do colaborador comoveu os fiéis e seguidores da página, que manifestaram nas redes sociais a tristeza e se solidarizaram com a morte de Cernach.

Surto de Covid-19

No dia 5 deste mês, o Santuário chegou a fechar as portas depois que os padres Celso Cruz e Sérgio Lima e os Frater Willian e Cleverton foram infectados pelo novo coronavírus.

O padre Celso Cruz permaneceu internado durante 13 dias e, por conta da gravidade do quadro clínico, chegou a ser entubado no Hospital Marcelino Champagnat, em Curitiba. No entanto, recebeu alta no dia 17 de julho, e agradeceu as orações recebidas e as pessoas que torceram por sua recuperação, em um vídeo divulgado pelo Santuário.

“Estou agradecido a Deus por ter me concedido a recuperação da saúde, agradecido a cada um de vocês por ter rezado por mim. Eu dizia anteriormente que a oração de fato tem muito poder e Deus me visitou, por meio da oração de cada um de você nesses dias que estive internado, no Hospital Marcelino Champagnat. Cheguei em casa e por isso venho de uma forma dizer que agora o tempo é de recuperação”, disse o clérigo.