Após quase duas horas de bloqueio na Avenida Comendador Franco, em Curitiba, a Polícia Militar (PM) se utilizou de gás lacrimogêneo para dispersar o protesto de moradores da Vila das Torres. A confusão começou diante da recusa dos manifestantes em se retirar dos dois sentidos da via, nas proximidades com a trincheira da Rua Guabirotuba.

Segundo a PM, a corporação respeita o direito à manifestação e permitiu que o protesto fosse realizado sem problemas até ali. Mas, diante da recusa dos manifestantes em se retirar e a intensa reclamação de motoristas, uma medida mais enérgica foi tomada. A PM afirma que a ação visa garantir o direito de ir e vir dos demais cidadãos.

Durante as duas horas de protesto, o trânsito ficou bastante complicado na região. Na Linha Verde, por exemplo, a lentidão foi do viaduto da BR-277, no Jardim Botânico, até o viaduto da Avenida Marechal Floriano.

A manifestação novamente teve o objetivo de criticar ações da Polícia Militar na Vila das Torres. A Banda B tentou falar com o movimento, mas não encontrou mais ninguém após a confusão.

No Viaduto do Colorado, trânsito é bastante complicado