Após vários pontos tradicionais da noite curitibana registrarem aglomerações no último fim de semana, o Shopping Hauer foi cercado com barreiras e reforçou o controle na entrada e outras medidas de combate ao coronavírus nesta quarta-feira (10). O local, que fica na rua Coronel Dulcídio, no bairro Batel em Curitiba, reúne diversos bares e chamou a atenção nas redes sociais depois de imagens mostrarem um grande número de pessoas reunidas em frente aos estabelecimentos. Registros parecidos feitos no Largo da Ordem, Prainha da Itupava, Mercado Sal e no entorno do Museu Oscar Niemeyer também revoltaram os internautas.

(Foto: Raquel Lamonato)

De acordo com informações da Associação dos Lojistas do Shopping Hauer, a entrada de clientes acontece agora por duas portarias controladas por seguranças que exigem o uso de máscaras e aplicam álcool em gel na mão de todos os consumidores. No lado de dentro, seguranças também estão fiscalizando o uso das máscaras e o distanciamento entre as mesas.

O consumo de bebidas e alimentos só pode acontecer nas mesas e será proibida a saída com bebidas para evitar aglomerações na calçada. O local comporta aproximadamente 100 pessoas sentadas, segundo a associação, e após todos os lugares estarem ocupadas o ingresso de novos clientes não será permitido.

Além dessas medidas, a entrada e permanência na área interna dos bares também foi proibida, apenas no caso de necessidade do uso dos banheiros. Dispensers com álcool em gel e máscaras descartáveis estão sendo disponibilizados ao longo de todo o local.

Greca

Ao anunciar o novo Protocolo de Responsabilidade Sanitária e Social, na terça-feira (9), o prefeito Rafael Greca voltou a falar sobre os recentes registros de aglomeração em Curitiba. Durante live transmitida nas redes sociais, ele fez um apelo para que as pessoas fiquem em casa no feriado de Corpus Christi.

“Que fiquem em casa, façam orações pela televisão, não se amontoem e não se aglomerem. Não vão para a balada, que eu vou soltar a fiscalização em cima de todos os bares e lugares de balada. Não hesitaremos em cassar alvarás”, afirmou Greca.

O prefeito de Curitiba ainda pediu responsabilidade aos moradores da cidade.