Antes da divisão de Piraquara e Pinhais, em 1992, na campanha política para prefeito para a cidade de metropolitana, os candidatos prometiam a criação de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas. Quase 27 anos se passaram para que, enfim, na próxima sexta-feira (27), o espaço seja aberto aos piraquarenses. O atendimento à população começará a partir das 7h da próxima terça-feira, dia 1° de outubro.

 

Será uma ampla estrutura, com mais de 1000 m², para o atendimento de pacientes em situações de urgência e emergência. O prefeito de Piraquara, Marcus Tesserolli, o professor Marquinhos, comentou à Banda B as dificuldades para que a abertura acontecesse.

“As obras começaram em 2012, mas a empresa não cumpria o seu papel e a prefeitura entrou na Justiça. Em seguida, veio outro impasse, com relação à terceirização, para tornar o projeto viável. Agora, após uma longa espera, ela irá atender à população de uma forma efetiva”, disse Marquinhos, em entrevista na manhã desta terça-feira (24).

O prefeito destacou que a UPA 24 horas tem uma localização privilegiada. “É no Centro da cidade, com espaço amplo e um local agradável para o atendimento. Lembrando sempre que serão recebidos casos de urgência, os outros seguem nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). É importante a população fazer a sua parte neste sentido, buscando a forma correta de atendimento”, salientou.

Terceirização

Sobre a terceirização do atendimento, Maquinhos explicou que isso trará benefícios. “Contratamos uma empresa que levará todos os funcionários, sendo obrigada a ter sempre o número correto. Se um médico adoecer, terá que vir outro para atender. Sabemos que 100% dos problemas na UPA não serão resolvidos, mas temos certeza que a população será atendida de uma forma cada vez melhor”, apontou.

Após a solenidade de inauguração, o espaço será higienizado e organizado pela entidade gestora para iniciar o atendimento ao público no dia 1° de outubro, a partir das 07h. O Pronto Atendimento 24h do Centro segue com o atendimento normal até o dia 09 de outubro.

Prefeito Marcos Tesseroli tem mais de 65 % de aprovação
Foto: Divulgação Prefeitura de Piraquara

Aprovação

Recente levantamento do instituto Paraná Pesquisa aponta uma aprovação de 65,5% na gestão do prefeito Marquinhos. Foram ouvidos 692 eleitores entre os dias 14 e 18 de setembro. Segundo o prefeito, os números são relevantes especialmente pelo momento político.

“Fiquei muito contente, porque é uma boa aprovação em um momento difícil e de descrença na política. Temos que trabalhar cada vez mais, com muita dedicação e cobrando de nós mesmo o que podemos fazer de melhor”, concluiu Marquinhos.