Duas adolescentes ficaram feridas depois que o narguilé que elas manuseavam explodiu. O acidente aconteceu na madrugada deste domingo, 22, em Japurá (a 89 quilômetros de Maringá).

Imagem ilustrativa (Divulgação)

 

 

Segundo informações divulgadas pela Polícia Militar (PM), a explosão aconteceu quando as jovens, de 14 e 15
anos, tentavam acender o narguilé com o auxílio de um galão de álcool.

As adolescentes foram socorridas com queimaduras por todo o corpo e encaminhadas ao Hospital e
Maternidade Santa Terezinha, em Japurá.

De acordo com o hospital, por causa da gravidade, as vítimas foram transferidas para a Santa Casa de
Cianorte ainda no domingo.

Uma lei municipal, aprovada pela Câmara de Vereadores de Maringá, proíbe o uso de narguilé em locais
públicos, ou em qualquer lugar com aglomeração de pessoas, desde 2017.

“A proibição refere-se aos locais, venda, aluguel e utilização aos menores de 18 anos de idade. A partir da
sanção da Lei pelo Prefeito, cará proibido o uso em locais públicos como ruas, avenidas, logradouros,
praças, área de lazer, parques, ginásios, espaços esportivos, escolas, bibliotecas, espaços de exposições,
igrejas, áreas de estacionamentos e qualquer local onde houver aglomeração de pessoas. A Lei detalha a
proibição em ambientes de uso coletivo privado compreendendo dentre outros: bares, lanchonetes,
restaurantes, praças de alimentação, casas de espetáculos, teatros, cinemas, hotéis, pousadas, centros
comerciais, supermercados e similares, ambientes e trabalho, de estudo, de cultura, de lazer, de esporte ou
de entretenimento e áreas comuns de condomínios e estacionamentos”, esclarece a Câmara Municipal.