A reportagem da Banda B traz, nesta sexta-feira (24), um exemplo de longevidade. Luiza Soré Daineze completa, neste dia, 103 anos. Com muita energia, ela afirma que, para chegar longe, conta com a ajuda de muita gente. “Fico sentada. Sem fazer nada!” ‘Sem fazer nada?’, questionou Claubinho Souza, repórter da Banda B em Cambará, “Eu, não! Tem que faz por mim”, brincou.

 

Foto: Arquivo Pessoal

 

A aniversariante deste dia nasceu na cidade de Jaguari, no estado de São Paulo. Há 71 anos, Luiza mora em Cambará, norte pioneiro paranaense. Lá, ela construiu a família. Ao todo são três filhos, sete netos e vários bisnetos. Ao longo da vida, Luíza trabalhou na agricultura, na área rural. Segundo Claubinho Souza, trata-se de uma mulher simples e que sempre deu muito esforço de si.

 “No final do ano passado, ela fraturou o fêmur. Quando você tem 102 anos, isto é algo que preocupa a todos. Ela foi para o hospital, fez a cirurgia e voltou para casa. Eu fui visita-lá e perguntei ‘o que houve?’. Ela me respondeu, ‘não foi nada. Foi só um machucadinho’. Em nenhum momento, ela reclamou da dor, da dificuldade, ou qualquer coisa que fosse. Os médicos, inclusive, acharam incrível a velocidade de recuperação dela. Luiza é uma senhora de muitas histórias. É magnífica! Esta, é uma das histórias que eu tenho dela e que é marcante para mim”. Claubinho Souza, repórter da Rádio Banda B, Cambará.

A reportagem da Banda B quer compartilhar este exemplo contigo que acompanha o nosso trabalho, há tanto tempo. Em tempos de pandemia, onde apenas um vírus foi capaz de transformar a vida de todos, conhecer histórias como a da Luiza é um incentivo para continuarmos a encarar os desafios cotidianos com força, garra e fé.

Dona Luiza

O aniversário é, para muitas pessoas, a oportunidade de iniciar um novo ciclo, uma nova etapa na nossa história. E como tudo passa rápido. Infância, adolescência, juventude, fase adulta, terceira idade… uma sequência de poucas palavras pode ser usada para resumir um processo de muitos anos. Este processo é o que chamamos de vida.

O repórter Claubinho Souza, da Rádio Banda B Cambará, esteve na casa da aniversariante, na manhã desta sexta-feira (24). Conheça um pouco mais da Dona Luiza, personagem da história de hoje, no vídeo abaixo.

Curiosidade

Uma matéria do Portal G1 mostrou que a cearense Francisca Celsa dos Santos foi considerada a pessoa mais velha do Brasil. O fato foi constituído no dia 10 de julho pelo Gerontology Research Group (GRG) – ou Grupo de Pesquisa em Gerontologia, em tradução livre para o português. Aos 115 anos, Francisca, além de ser a pessoa mais velha do Brasil, é também a terceira mais velha do mundo.

Para ler a matéria completa, no Portal G1, clique aqui.