O Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Curitiba (IPMC) solicitou, nesta sexta-feira (7/2), o bloqueio do Cartão Qualidade de 500 aposentados e pensionistas que não concluíram as etapas do Censo Previdenciário. O cartão é utilizado para compras em estabelecimentos conveniados.

Foto: Lucilia Guimarães/SMCS

 

Todos foram convocados por correspondência no mês de aniversário, deram início ao recadastramento, mas não concluíram esta etapa, que é exigida por lei. O Censo Previdenciário consiste em duas fases: a prova de vida e o recadastramento, com a apresentação de todos os documentos exigidos.

“Eles deixaram de entregar parte dos documentos obrigatórios e têm alguma pendência”, explica Cleison Ribeiro Ayres, um dos coordenadores do Censo Previdenciário do IPMC. Aqueles que estão nesta situação podem verificar a lista de beneficiários no site do IPMC.

Se não concluírem o Censo Previdenciário, eles poderão ter o pagamento do benefício (aposentadoria ou pensão) suspenso no dia 6 de março.

Documentos que faltam

Estes aposentados e pensionistas podem verificar as pendências no documento entregue durante a prova de vida. O título do documento é Comprovante de Atualização Cadastral com Pendências/Reagendamento.

O beneficiário também pode entrar em contato com o IPMC por telefone para receber as orientações. Os números para o atendimento são 3350-3646 ou 3350-9617. O horário para atendimento é das 8h às 17h.

Mais 40 beneficiários

Além dos 500 beneficiários que não concluíram o recadastramento, outros 40 aposentados e pensionistas ainda não cumpriram as etapas do Censo Previdenciário e estão com o cartão qualidade bloqueado.

Os que nasceram em novembro poderão ter o bloqueio do benefício na próxima sexta-feira (14/2). Os nascidos em dezembro que não participarem do Censo Previdenciário terão o pagamento bloqueado dia 13/3.