Pense nesta situação: Uma briga entre marido e mulher dentro de um terminal de ônibus, com o homem sendo agressivo com a companheira. O que você faria? Em Colombo, na região metropolitana de Curitiba, o flagrante aconteceu e o vídeo viralizou, mas de forma proposital. Tratava-se de uma ação de conscientização em alusão aos 13 anos da Lei Maria da Penha. Uma dramatização, organizada pela Prefeitura de Colombo, para descobrir o que as pessoas fariam se flagrassem esse tipo de situação. (Assista aos vídeos abaixo)

 

Durante a simulação, que teve a participação da Guarda Municipal, da Polícia Militar e da equipe da secretaria de Assistência Social, o ator gritou e deu empurrões na suposta companheira.Os simulados aconteceram nos terminais do Maracanã e do Guaraituba, no horário de pico.

O ator Júlio César Signori Ribas, de 34 anos, que interpretou o ‘Machão de Cozinha’, comentou que poucas pessoas efetivamente ‘meteram a colher’ na briga de casal. “A intenção foi realmente impactar. Apenas fazer a panfletagem, não atinge tanto quanto com esta cena. O pessoal ficou muito assustado, mas no terminal do Maracanã apenas uma menina negra e, no Guaraituba, um cobrador, também negro, buscaram ajudar a atriz. Talvez por serem pessoas que convivem muito mais com o preconceito”, descreveu à Banda B.

Segundo o ator, a principal intenção foi parabenizar quem ajudou a mulher agredida, para conscientizar sobre a importância de não deixar algo tão grave passar batido. “Estamos trabalhando muito com o nosso jovem para eles terem esta consciência, de que deve na hora chamar a Polícia Militar ou alguém que esteja no terminal. Teve gente que passou e não fez nada”, contou.

Em caso de agressão contra a mulher, denuncie e colabore para o enfrentamento da violência contra as mulheres. Ligue para: Creas de Colombo – 3606.8855 / Polícia Militar do Paraná – 190 – Delegacia da Sede – 3656.8600 / Delegacia do Maracanã – 3605.6550.